sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Curioso (ou asqueroso?)...

.... o facto de depois de, ainda há poucos dias, nos termos insurgido contra o tratamento diferenciado dos Açores e Madeira no que concerne à atribuição das verbas do PIDDAC, sabermos, agora, pelas páginas do Semanário "Notícias de Vouzela" que o vingativo cutelo zurziu, também, nas margens do Vouga, em Vouzela e Oliveira de Frades, dois concelhos presididos por força partidária distinta da que faz a distribuição daqueles dinheiros, da dona do cofre.


São mais rosas, Senhores, são mais coincidências....


Não é difícil imaginar o desalento e a revolta que assolam os responsáveis locais pelo desenvolvimento daqueles dois municípios lafonenses.
O que, estupefacto, não consigo mesmo imaginar é das razões que levam os membros da Comissão Política do PS de Vouzela, tão lestos e fartos, desde que abriu a pré-época de caça ao voto, a apregoarem da bondade das suas ideias e da riqueza dos seus projectos, mudando residência para o NV, a não denunciarem estes desmandos do governo do partido de que são arautos ou servis mensageiros. Comportamento que, não esqueçamos, é similar ao que foi assumido quando da questão em volta do Centro de Saúde de Vouzela!
Das duas, entenda-se uma....ou ambas: ou estudaram bem a estratégia com os seus mentores partidários ou calam-se, por vergonha ou cobardia política.
Cá por mim, perante tantas e aviltantes coincidências, direi mesmo é que já não há vergonha nenhuma!