terça-feira, 11 de novembro de 2008

Força para um amigo!

Os votos não ajudam, desejar força à distância não dá alento; as palavras, por mais sentidas que sejam, não substituem os remédios nem são cura, mas não posso deixar de expressar a minha solidariedade para com um bom amigo que se encontra enfermo. Um amigo que trilhou, como eu, caminhos de perigo, noutros tempos, noutros continentes.
Coragem, amigo!